Qual a relação do câncer de próstata com a calvície? Entenda!

Qual a relação do câncer de próstata com a calvície? Entenda!

Qual a relação do câncer de próstata com a calvície? Entenda!

Em estudo publicado pela Revista Annals of Oncology, foi observada uma tendência no risco de desenvolvimento do câncer de próstata em homens que tiveram perda de cabelo precoce, isto é, na faixa dos 20 anos. Além disso, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer, estima-se que 65.840 pessoas desenvolvam o câncer de próstata ainda em 2020. Mas, afinal, qual a relação do câncer de próstata com a calvície?

Para esclarecer esta questão, reunimos no post de hoje alguns dados fundamentais. Portanto, se quer entender mais sobre a queda de cabelo e o desenvolvimento desse tipo de enfermidade, veio ao lugar certo. Continue a leitura e confira as informações que preparamos para você!
 

A calvície pode indicar casos de câncer?

A queda de cabelo pode ser um indício importante para detecção precoce de uma série de doenças, podendo variar entre problemas cardíacos ou até mesmo uma predisposição ao desenvolvimento de câncer de próstata. Por isso, é fundamental que após os 50 anos os homens dediquem maior atenção a esse tipo de questão.

De acordo com o estudo publicado no Journal of Clinical Oncology, a calvície masculina pode estar ligada a enfermidades como o câncer de próstata. Ainda segundo a entidade norte-americana, há uma potencial ameaça aos homens que perdem o cabelo na parte frontal da cabeça, correspondendo a aproximadamente 40% das chances do desenvolvimento de tumores malignos. 

Por outro lado, é importante deixar claro que a queda de cabelos não está necessariamente atrelada à doenças graves. Contudo, torna-se um forte indício, sobretudo quando ocorre de maneira brusca e excessiva em homens com idade menor que 30 anos. Nesse contexto, é importante manter a calma, já que a alopecia androgenética (calvície) ocorre por diversos fatores e pode atingir homens e mulheres em qualquer idade.
 

Alopecia x quimioterapia: quais os cuidados necessários?

A quimioterapia é, ainda hoje, uma das principais formas de tratamento ao câncer. Por outro lado, esse tipo de abordagem agressiva provoca uma série de efeitos colaterais importantes, incluindo a perda de cabelo. Embora muito efetiva na eliminação de células cancerígenas, as sessões intensivas acabam removendo também as células responsáveis pelo crescimento dos fios.

Apesar disso, os benefícios são notáveis, já que o paciente pode ter uma vida normal logo após concluir o tratamento com um oncologista. Entretanto, é natural que após algum tempo os pacientes tenham o desejo de reconstruir os fios perdidos durante as sessões de quimioterapia. Se este é o seu caso, saiba que sim. Isto é possível!

Entretanto, recomendamos que seja feita uma avaliação com o médico cirurgião especialista em implante capilar. Assim, é mais fácil determinar o melhor tratamento para a alopecia, sobretudo porque há diversas técnicas de implantação dos fios, indicações, tempo de recuperação e outros detalhes que devem ser avaliados individualmente.
 

Como recuperar a saúde dos fios após a quimioterapia?

Como já explicamos anteriormente, a queda de cabelo é uma consequência do tratamento para eliminação de diversos tipos de câncer, incluindo o câncer de próstata. Isso acontece porque os medicamentos empregados para eliminar as células defeituosas podem se multiplicar rapidamente no organismo, afetando consideravelmente as células dos bulbos capilares.

Em via de regra, é comum que os fios cresçam naturalmente após a queda capilar precedida da finalização da quimioterapia. Na maioria dos casos, os novos fios tendem a manter a mesma aparência e aspecto. Contudo, é importante tomar alguns cuidados para mantê-los sempre firmes e sadios.

Nesse sentido, para recuperar seu bem-estar e autoestima, é fundamental ter atenção a alimentação. Afinal, o seu organismo precisará se consolidar e, por isso, é indispensável pensar em uma dieta equilibrada, baseada em nutrientes essenciais. 

Em se tratando da saúde dos fios, por exemplo, as vitaminas A e C são excelentes aliadas, bem como aquelas do complexo B, facilmente encontradas no brócolis, bem como também na cenoura, laranja e feijão, respectivamente.
 

Como funciona o implante capilar após tratamento contra o câncer de próstata?

Uma dúvida muito comum entre os pacientes recém liberados do tratamento contra o câncer é a eficácia da cirurgia para implante capilar. De modo geral, esse tipo de procedimento apresenta uma resposta positiva, entretanto, é indispensável que seja realizada avaliações individuais para traçar o melhor tratamento para a calvície.
Nos casos em que a administração de medicamento para destruir o câncer apresenta efeitos agudos, o implante capilar surge como uma alternativa bastante recomendada. Além disso, em virtude dos avanços tecnológicos, hoje em dia é possível garantir excelentes resultados, já que os cabelos crescem naturalmente, sem perder o seu aspecto.
No Centro de Referência em Implante Capilar (CERIC), utilizamos técnicas modernas e com as principais tecnologias do mundo, tanto para crescimento dos fios quanto para regeneração dos folículos capilares. Entre em contato conosco e faça uma avaliação online agora mesmo!