Implante capilar para diminuir a testa

Implante capilar para diminuir a testa

Implante capilar para diminuir a testa

Entenda o que é, como funciona e os benefícios do implante capilar para diminuir a testa

O aumento desproporcional da região frontal (testa) é um problema comum para milhares de pessoas. Na busca por reduzir a distância entre os olhos e a raiz dos cabelos é válido adotar uma série de estratégias, como estilizar a franja ou até mesmo submeter-se as cirurgias plásticas. Afinal, além de proporcionar uma melhor simetria da face, o implante capilar para diminuir a testa pode devolver a autoestima perdida. 

Em linhas gerais, a técnica aplicada nesse tipo de procedimento é a mesma adotada para correção da calvície. Por se tratar de uma característica genética, esse problema pode incomodar tanto homens quanto mulheres. Portanto, se o tamanho da testa lhe causa aborrecimentos, está no lugar certo! No post de hoje vamos explicar os detalhes desse tipo de cirurgia.

Quer aprender mais sobre o assunto? Então, continue sua leitura!

Como funciona o implante capilar feminino?

Em linhas gerais, esse tipo de procedimento é realizado com a aplicação de anestesia local e tem duração média que pode variar entre três e cinco horas. Indicada para o tratamento de calvície provocada por marcas e cicatrizes, alopecia androgenética, penteados desconfortáveis e traumas diversos, o implante feminino segue os mesmos princípios do transplante masculino.

Entretanto, essa técnica possui aspectos que a diferem das demais abordagens, já que é preciso identificar as causas do problema, além de levar em consideração as condições das áreas doadoras. Isso porque no caso das mulheres, o transplante acontece em menor volume, pois homens normalmente precisam de mais fios.

Outro detalhe importante é que, no público feminino, é comum que haja uma menor elasticidade do couro cabeludo na nuca (região occipital). Em função disso, pode ser necessária a compressão nessa área, a fim de liberar um número maior de folículos capilares para o transplante na faixa em que há menor número de fios.

Por fim, as causas devem ser devidamente investigadas, afinal, a queda de cabelo pode ou não estar associada apenas às questões genéticas. Nesse caso, é interessante promover o tratamento adequado para a redução da queda capilar e assim propor um tratamento coerente com as necessidades de cada paciente.

Como é o pós-operatório?

Por se tratar de um procedimento simples e pouco invasivo, o pós-operatório tende a ser bastante tranquilo. Normalmente as pacientes retornam para casa no mesmo dia junto com algum acompanhante, já que não é possível dirigir em função dos efeitos colaterais da anestesia.

Reações como leves inchaços na região frontal e redução da sensibilidade são comuns e esperadas. A duração desses efeitos pode variar de acordo com cada paciente, sendo mais observada entre as primeiras semanas após cirurgia. Para evitar edemas importantes, é recomendável permanecer em repouso absoluto de pelo menos 24 horas e, sempre que necessário, utilizar bandagens conforme orientação médica.

Para diminuir eventuais desconfortos como dor de cabeça, basta fazer o uso de analgésicos, antibióticos e anti-inflamatórios — desde que recomendado por seu cirurgião. Além disso, para reduzir a sensação de coceira provocada pelas crostas que se formam no local, é possível utilizar loções hidratantes. Em via de regra, as pacientes apenas podem lavar suavemente os cabelos após 48 horas, observando alguns cuidados especiais.

Quais os benefícios do implante capilar para diminuir a testa?

A elevação da linha frontal pode comprometer toda a harmonização fácil. Por isso, não são raras as ocasiões em que mulheres que sofrem com esse tipo de problema reclamam da sua aparência. Grande parte delas, inclusive tem a sua rotina comprometida em função da baixa autoestima e autoconfiança, tanto no aspecto da vida pessoal quanto profissional. 

Por isso, além de garantir um resultado natural e devolver a liberdade em estilizar diversos tipos de penteado — incluindo topetes —, o implante oferece uma resposta rápida, torna os fios mais resistentes à queda e permite uma maior harmonia da face. Além disso, esse procedimento consiste em aplicações praticamente invisíveis, o que torna o processo de cicatrização mais eficiente e imperceptível.

Como você pode perceber, o implante capilar para diminuir a testa é um procedimento muito comum e bastante útil. Por se tratar de uma cirurgia que não deixa qualquer cicatriz aparente, é amplamente indicada para aumentar o volume dos fios nessa região, conferindo uma maior assimetria do rosto. 

O que achou do nosso artigo? Se está cansada de aplicar medidas para disfarçar o tamanho da testa, visite nosso site agora mesmo para conhecer nossa clínica e agendar uma consulta de avaliação online.